Lavadora extratora entrevista L&C

Entrevista revisada com José Zanetti sobre lavadoras-extratoras para a
Revista Lavanderia & Cia  ( edição de Maio / Junho de 2008) Numero 181
Ano 30   da ANEL Associação Nacional das Empresas de Lavanderia

Dados pessoais: José Aldevino Zanetti, fundador da Mamute Equipamentos para Lavanderias Ltda, atualmente PANDATECH Indústria de Máquinas para Lavanderia Ltda.
Experiência profissional: 20 anos trabalhando no desenvolvimento de maquinas, equipamentos, ferramentas e dispositivos.


1.    Qual a diferença entre uma lavadora/extratora e uma lavadora convencional ?

A lavadora extratora comparada com as convencionais reduz: mão de obra, consumo de água, custos de manutenção, tempo de processo, espaço físico da lavanderia, aumenta a durabilidade dos enxovais, melhora o aspecto visual da lavanderia, diminui os riscos de acidentes de trabalho, melhora o layout e a rotina do processo de lavagem em geral.


2.    Quais as vantagens das lavadoras/extratoras ?

·    Diminui a mão de obra, uma vez que não é necessário retirar a roupa da lavadora , colocar  no carrinho, retirar do carrinho e colocar na centrífuga.
·    Reduz o consumo de água, reduzindo o numero de enxágües com centrífugações intermediárias após a lavagem com detergente.
·    Reduz o tempo de processo reduzindo enxágües.
·    Reduz os custos de manutenção, porque temos um equipamento ao invés de dois.
·    Reduz o espaço físico ocupado eliminando as centrífugas.
·    Melhora o aspecto visual alinhando as Lavadoras Extratoras, eliminando as centrífugas, eliminando a água que cai no chão durante o transporte da roupa da lavadora ate a centrífuga, diminui o numero de carrinhos estacionados próximos as centrífugas e etc..
·    A redução de peso dos carrinhos que transportam roupas úmidas centrífugadas e não molhadas, permite revestir o chão da lavanderia com pisos mais leves.
·    Muitos acidentes ocorrem durante a operação das centrífugas e quando o chão ao redor das mesmas esta molhado. Devido ao auto balanceamento da carga nas Lavadoras Extratoras, não é necessária nenhuma intervenção manual durante o processo de centrífugação. Obs. O maior número de acidentes em uma lavanderia        ( 90 % ) ocorrem  com centrífugas  .
·    Como o processo de centrífugação é incorporado num mesmo equipamento, o tempo de  carga e descarga nas centrífugas é eliminado agilizando o processo.
·    A descarga em uma lavadora extratora é facilitada pela posição da porta de descarga e pelo fato das roupas estarem pouco úmidas. Muitas roupas são danificadas durante a descarga em lavadoras convencionais, porque as roupas tem umidade residual alta , estão  pesadas e na maior parte das vezes entrelaçadas.


3.    Quantos tipos de lavadoras-extratoras existem ?

·    Lavadoras Extratoras Hospitalares com suspensão ( High spin ), com cesto dividido em duas e três partes.
·    Lavadoras Extratoras Hospitalares fixas ( low spin ), com cesto dividido em duas e três partes.
·    Lavadoras Extratoras Frontais fixas ( low spin ), com cesto sem divisões.
·    Lavadoras Extratoras Frontais com suspensão ( High spin ), com cesto sem divisões.
·    Lavadoras Extratoras Frontais com suspensão, basculamento para carga, basculamento para descarga e cesto sem divisões.


4.    Se as lavadoras-extratoras com suspensão são consideradas melhores, por que existem as fixas ?

·    As Lavadoras Extratoras Fixas podem ser utilizadas como as Lavadoras Extratoras com suspensão. Para se obtenha o mesmo resultado de uma Lavadora Extratora com suspensão é necessário  aumentar o tempo de centrífugação da Fixa. Quando o tecido a ser lavado é sintético, a Lavadora Extratora Fixa é indicada por quebrar ( pressionar ) menos o tecido na parede do cesto, facilitando a passadoria.
A Lavadora Extratora Fixa é limitada quanto a sua capacidade, até 50kg de carga com cesto dividido e 30kg de carga com cesto sem divisão.

5.    Está correto comparar o preço de uma lavadora convencional de 100 Kg com o de uma lavadora extratora de 100 Kg ? Por que?

·    Esta correto analisar o custo e o beneficio que o equipamento trará para a Lavanderia no decorrer de sua vida útil.
·     Não esta correto comprar um equipamento analisando somente o valor aplicado no ato da compra. O custo por quilo lavado no decorrer da vida útil de um equipamento é o que definirá o quanto o equipamento vale.

6.    Por que as roupas duram mais quando são lavadas em uma lavadora-extratora ?

·    Porque nas Lavadoras Extratoras as roupas não sofrem danos ao serem descarregadas. enquanto que nas lavadoras convencionais as roupas são geralmente danificadas durante a descarga, devido ao peso das roupas encharcadas ao serem puxadas.

7.    A lavadora-extratora pode economizar água ? Por que ?

·    Pode. Adicionando centrífugações intermediarias ao longo do processo de lavagem, a fim de reduzir o numero de enxágües.

8.    Por que o processo de lavagem é mais curto numa lavadora-extratora ?

·    Porque podem ser reduzidos enxágües durante a lavagem e porque é eliminado o tempo de remoção das roupas da lavadora para a centrífuga

9.    O sistema de automação tem alguma influência sobre a desempenho da lavadora-extratora ?

Com certeza. A lavadora automatizada tem desempenho superior a uma lavadora convencional.
O sistema de automação permite ter processos confiáveis quanto à qualidade da lavagem, padronizados para diversos tipos de lavagem, seguro quanto à aplicação dos produtos químicos na hora certa e na quantidade correta. Permite auferir custos por quilo lavado com menor margem de erro. Economiza água, energia e mão de obra, porque o comando automatizado da lavadora executará o processo de lavagem e centrífugação com precisão nos tempos, nos níveis de água, na dosagem de produtos químicos e na finalização do tempo total programado.

10.    Todas as lavadoras-extratoras são iguais ?

Não, variam de fabricante para fabricante. Cada fabricante constrói conforme seu departamento de projeto planeja. É importante analisar as lavadoras extratoras quanto ao seu volume de cesto livre, pois  o volume do cesto influencia diretamente no processo de lavagem, aumentando e diminuindo a ação mecânica. Existem cestos que devido a sua construção não diminuem o volume interno, mantém a relação diâmetro e comprimento sem interferências, e cestos que quebram a relação diâmetro e comprimento com portas e batentes de portas que interferem nesta relação e diminuem o volume interno.

Gostaria de agregar em com verde mais algumas informações sobre
O depoimento do Eng. Zanetti.



Entrevista revisada com José Zanetti sobre lavadoras-extratoras para a
Revista Lavanderia & Cia  ( edição de Maio / Junho de 2008) Numero 181
Ano 30   da ANEL Associação Nacional das Empresas de Lavanderia



1.    Qual a diferença entre uma lavadora/extratora e uma lavadora convencional ?

A lavadora extratora comparada com as convencionais reduz: mão de obra, consumo de água, custos de manutenção, tempo de processo, espaço físico da lavanderia, aumenta a durabilidade dos enxovais, melhora o aspecto visual da lavanderia, diminui os riscos de acidentes de trabalho, melhora o layout e a rotina do processo de lavagem em geral.
Lavadoras sem extração praticamente não existe mais nos países mais avançados em função dos altos custos de mão de obra . São produtos cuja aceleração aplicada sobre o cesto devido a força centrifuga (conhecida como fator G) precisa de grandes reforços em portas, estabilidade e cuidados super especiais que necessariamente acaba necessitando de inversor de freqüência e automação para garantia de segurança do operador, logo uma lavadora convencional pode ser automática ou não , porém as lavadoras extratoras sempre serão  automáticas, por isto seu custo de fabricação é muito superior.


2.    Quais as vantagens das lavadoras/extratoras ?

·    Diminui a mão de obra, uma vez que não é necessário retirar a roupa da lavadora , colocar  no carrinho, retirar do carrinho e colocar na centrífuga.
·    Reduz o consumo de água, reduzindo o numero de enxágües com centrífugações intermediárias após a lavagem com detergente.
·    Reduz o tempo de processo reduzindo enxágües.
·    Reduz os custos de manutenção, porque temos um equipamento ao invés de dois.
·    Reduz o espaço físico ocupado eliminando as centrífugas.
·    Melhora o aspecto visual alinhando as Lavadoras Extratoras, eliminando as centrífugas, eliminando a água que cai no chão durante o transporte da roupa da lavadora ate a centrífuga, diminui o numero de carrinhos estacionados próximos as centrífugas e etc..
·    A redução de peso dos carrinhos que transportam roupas úmidas centrífugadas e não molhadas, permite revestir o chão da lavanderia com pisos mais leves.
·    Muitos acidentes ocorrem durante a operação das centrífugas e quando o chão ao redor das mesmas esta molhado. Devido ao auto balanceamento da carga nas Lavadoras Extratoras, não é necessária nenhuma intervenção manual durante o processo de centrífugação. Obs. O maior número de acidentes em uma lavanderia        ( 90 % ) ocorrem  com centrífugas  .
·    Como o processo de centrífugação é incorporado num mesmo equipamento, o tempo de  carga e descarga nas centrífugas é eliminado agilizando o processo.
·    A descarga em uma lavadora extratora é facilitada pela posição da porta de descarga e pelo fato das roupas estarem pouco úmidas. Muitas roupas são danificadas durante a descarga em lavadoras convencionais, porque as roupas tem umidade residual alta , estão  pesadas e na maior parte das vezes entrelaçadas.
·    Os problemas trabalhistas de ergonomia inadequada (LER) se reduz substancialmente e praticamente uma lavanderia acima de 5000 kg por dia fica inviável se trabalhar com tantas centrifugas pelos excessos  de movimentos e pessoas e ruídos.
·    Grande facilidade de interligar todas as maquinas em elo numa rede para controle operacional centralizado usando um PC como o Datalavex da empresa lavexmil de Curitiba.
·    Redução no consumo de energia elétrica por não existir picos na rede ocasionados pelas centrifugas separadas que pode ou não usar inversor de freqüência que é obrigatório nas lavadoras extratoras.
·    Economia de água extremamente menor entre 15 a 25 litros por quilo de roupa contra 30 a 40 litros nas antigas lavadoras que chamamos de fusca. Alem da possibilidade de recuperação das águas de enxágüe com com articulação angular direcionando as águas de enxágüe e bruta em canaleta dividida abaixo da máquina como poderão ver nas máquinas lavexmil. As lavadoras extratoras so perdem para o Túnel de lavagem que recupera as águas de enxágüe em contra fluxo com media de 8 a 12 litros por quilo que será algo que teremos que nos preparar devido aos altos custos das água em função cada dia maior da falta do nosso maior e melhor produto químico de lavagem. Note que o consumo de químicos acaba sendo bem menor nas lavadoras extratoras se bem aferido as bombas dosadoras automáticas.




3.    Quantos tipos de lavadoras-extratoras existem ?

·    Lavadoras Extratoras Hospitalares com suspensão ( High spin ), com cesto dividido em duas e três partes.
·    Lavadoras Extratoras Hospitalares fixas ( low spin ), com cesto dividido em duas e três partes.
·    Lavadoras Extratoras Frontais fixas ( low spin ), com cesto sem divisões.
·    Lavadoras Extratoras Frontais com suspensão ( High spin ), com cesto sem divisões.
·    Lavadoras Extratoras Frontais com suspensão, basculamento para carga, basculamento para descarga e cesto sem divisões.
·    Temos lavadoras extratoras com cesto frontal ( como num secador) e cesto horizontal apoiado dos 2 lados.
·    Para hotéis que não precisa de barreira acaba sendo usado as frontais conhecidas como “Open Pocket” que podem com cesto basculante que descarrega sobre o carrinho sem a necessidade de se colocar as mãos.
·    Quanto a barrreira pode ser fronto- lateral usado em lavadoras frontais e barreira com separação de ambiente normal em lavadoras horizontais que podem com ou não com estanqueidade absoluta usado em lavadoras especiais para lavanderias de salas limpas (Clean room) comum em industria eletrônica , farmacêutica e de alimentos.
·    Como explicado pelo meu colega Eng.Zanetti, nas low speedy, normal speed e higth speed  existem as lavadoras rígidas com fator G entre 70 e 120 ( deixa maior % de água, portanto irá precisar de mais secador e conseqüente maior consumo energético) e as Flotantes de fator G entre 280 e 400.


·    


4.    Se as lavadoras-extratoras com suspensão são consideradas melhores, por que existem as fixas ?

·    As Lavadoras Extratoras Fixas podem ser utilizadas como as Lavadoras Extratoras com suspensão. Para se obtenha o mesmo resultado de uma Lavadora Extratora com suspensão é necessário  aumentar o tempo de centrífugação da Fixa. Quando o tecido a ser lavado é sintético, a Lavadora Extratora Fixa é indicada por quebrar ( pressionar ) menos o tecido na parede do cesto, facilitando a passadoria.
A Lavadora Extratora Fixa é limitada quanto a sua capacidade, até 50kg de carga com cesto dividido e 30kg de carga com cesto sem divisão.


Note que nas suspensão temos:
Lavadoras rígidas : de 70 a 120 de fator G
Lavadoras flotantes de 280 a 400 de fator G
Fator G é a seguinte fórmula: G=5,6*N*N*D/1000.000
Onde N é a rotação do tambor em RPM que vemos de 500 a 900 rpm
D diâmetro  do tambor em cm
Este fator é uma relação da velocidade ao quadrado e diâmetro do cesto que nos fornece quantas vezes  é maior esta força em relação a força gravitacional.

5.    Está correto comparar o preço de uma lavadora convencional de 100 Kg com o de uma lavadora extratora de 100 Kg ? Por que?

·    Esta correto analisar o custo e o beneficio que o equipamento trará para a Lavanderia no decorrer de sua vida útil.
·     Não esta correto comprar um equipamento analisando somente o valor aplicado no ato da compra. O custo por quilo lavado no decorrer da vida útil de um equipamento é o que definirá o quanto o equipamento vale.
·    Não se pode comparar ambas pois são projetos totalmente diferente . O que irá definir a diferença é uma boa análise de custo beneficio de todas as variáveis que foram faladas acima.

6.    Por que as roupas duram mais quando são lavadas em uma lavadora-extratora ?

·    Porque nas Lavadoras Extratoras as roupas não sofrem danos ao serem descarregadas. enquanto que nas lavadoras convencionais as roupas são geralmente danificadas durante a descarga, devido ao peso das roupas encharcadas ao serem puxadas.

7.    A lavadora-extratora pode economizar água ? Por que ?

·    Pode. Adicionando centrífugações intermediarias ao longo do processo de lavagem, a fim de reduzir o numero de enxágües.

8.    Por que o processo de lavagem é mais curto numa lavadora-extratora ?

·    Porque podem ser reduzidos enxágües durante a lavagem e porque é eliminado o tempo de remoção das roupas da lavadora para a centrífuga

9.    O sistema de automação tem alguma influência sobre a desempenho da lavadora-extratora ?

Com certeza. A lavadora automatizada tem desempenho superior a uma lavadora convencional.
O sistema de automação permite ter processos confiáveis quanto à qualidade da lavagem, padronizados para diversos tipos de lavagem, seguro quanto à aplicação dos produtos químicos na hora certa e na quantidade correta. Permite auferir custos por quilo lavado com menor margem de erro. Economiza água, energia e mão de obra, porque o comando automatizado da lavadora executará o processo de lavagem e centrífugação com precisão nos tempos, nos níveis de água, na dosagem de produtos químicos e na finalização do tempo total programado.

10.    Todas as lavadoras-extratoras são iguais ?

Não, variam de fabricante para fabricante. Cada fabricante constrói conforme seu departamento de projeto planeja. É importante analisar as lavadoras extratoras quanto ao seu volume de cesto livre, pois  o volume do cesto influencia diretamente no processo de lavagem, aumentando e diminuindo a ação mecânica. Existem cestos que devido a sua construção não diminuem o volume interno, mantém a relação diâmetro e comprimento sem interferências, e cestos que quebram a relação diâmetro e comprimento com portas e batentes de portas que interferem nesta relação e diminuem o volume interno.